quarta-feira, 18 de maio de 2011

Iniciadas as obras do Piscinão de Ferraz

   Uma grande benfeitoria, até então pioneira na cidade de Ferraz de Vasconcelos, começou a ser realizada no início desta semana. Trata-se das obras para a construção do Reservatório de Amortecimento de Cheias, esquema de escoamento de águas pluviais, popularmente chamado de Piscinão, que impedirá enchentes em grande parte da cidade. Ele ficará aproximadamente no meio da extensão do Córrego Piscina, que já está em fase adiantada de canalização.
   Já em andamento há alguns meses, as obras de canalização do Córrego Piscina, que passa pelo subsolo da área onde ficava o antigo prédio da prefeitura, chegaram metade de seu curso. Sua extensão total é de cerca de 1.200m, e as obras estão um pouco além dos 600m – local onde será o Piscinão. Suas verbas de execução são oriundas do governo federal, mais precisamente do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC).
   Entretanto, todas as obras do Piscinão serão realizadas com verbas estritamente municipais - cujo montante gira em torno da casa dos 300 mil reais -, diferente da canalização do Córrego Piscina, que está sendo feita com fundos federais.
   A área utilizada para sua implantação será de 4.000 m², e sua capacidade de contensão das águas pluviais será de 16.000 m³. O volume total estimado de sua bacia é de 42.000 m³, sendo que 30.000 m³ escoarão para jusante, sem transbordamento do canal, ficando os 12.000 m³ excedentes retidos no reservatório por um período de duas horas, quando retomará sua vazão normal de escoamento. E para aprimorar mais ainda este projeto, os cálculos hidrológicos levaram em consideração uma recorrência de chuva de 100 anos para uma precipitação de 104 mm durante um período de duas horas. Com resultados positivos, este estudo comprovou que o Piscinão receberá as águas das regiões do Jardim Valentim, Jardim Rodrigues Alves, Jardim Roque e mais cerca de 15 outros bairros que serão beneficiados, além da erradicação das enchentes e alagamentos de todo o centro urbano de Ferraz.
   Segundo o prefeito, Dr. Jorge Abissamra, sua conclusão será breve, e ele estará pronto entre dezembro deste ano e fevereiro de 2012. A estimativa é que o Piscinão já esteja pronto para a próxima temporada de chuvas. “Além de uma medida sanitária que impedirá os alagamentos, esta é uma medida extremamente social. Pois as enchentes degradam os bens que as pessoas tanto suam para conseguir. O Piscinão acabará com todo este problema”, ressaltou Dr. Jorge.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário